sábado, 31 de março de 2012

UM DIA...






um dia você acredita que pode ajudar,
um dia você acredita no lance de socializar,
um dia, um dia, um dia...
aí se "infiltra" nas tais redes sociais,
encontra amigos escondidos nos vãos da vida
amigos reais,
amigos leais,
amigos sinceros embora virtuais,
convivências, risadas, segredos sinceros, guarida.
mas, aí o maldito mas, tem quem nasceu para o mal
têm aqueles que não brincaram no quintal
aqueles que não mereceram os carinhos da vida por se acharem maiores que ela
aqueles que preferem um estrago bem feito,
preferem a dor, a sequela, o defeito, a ruína.
sim, é sina dos defenestrados por si próprios
o opróbrio de uma vida negra.
mas, olha ele aí outra vez, vamos tocando em frente...
sou ligado ao ONIPOTENTE, coisa pouca não me abala,
não se chateie, não se lamente...
amizades grandes tem visgo, e nesse mundo tão WEB a gente se fala