quarta-feira, 11 de julho de 2012

(à vara, ou à vela, são os modos mais vulgares de impulsão dos moliceiros)


unem-se os homens
dão-se as mãos
fazem-se nós
limpa-se a sombra
renasce-se

o moliceiro
é bandeira
amor paixão
modo de vida foi
de memórias pleno
mais que eles
é todos os que antes o foram

uniram-se os homens
cuidem-se os que

http://ahcravo.wordpress.com/2012/07/11/o-moliceiro-e-bandeira/