domingo, 26 de agosto de 2012

Corações interligados

Que bom que estamos todos
meio algemados uns aos outros.
Almas com suplícios e alegrias.
Alguns algemados no amor,
outros algemados no ódio.
É por isso tudo
que vale a pena viver na Terra.
Somos idéias intensificadas.
Somos sombras e luzes.
Vivemos e desaparecemos
entre razões e mistérios.
Somos como graciosas folhas
que despencam no outono.
Como flores
 que surgem na primavera.
Somos como o sol de verão
que incendeia a atmosfera.
Como um inverno rigoroso
que silencia segredos.
Harmonias e desarmonias
que se auto-enriquecem ...

Cecília Fidelli.