domingo, 26 de agosto de 2012

dicotomia


(cidade)

o rosto sem vida
nos pés tombada
pesados passos
pastam o chão
estará onde?
passou por mim
uma sombra lenta
cansada de ser

(mar)

uma gaivota hesita ainda
colorindo o sonho apagado

http://ahcravo.wordpress.com/2012/08/26/dicotomia/