quarta-feira, 8 de agosto de 2012

olá sam paio (velho)
ou a memória de um barco

são agora mar
os olhos onde navegas
memória de teres tido um dia
as ondas por destino

nada mais de ti digo