sexta-feira, 16 de novembro de 2012

(título desconhecido)

(título desconhecido):
imagem: Jornal O Globo 1/11/12

Coração de um ser otimista

No lume de caminhos claros
Em ruas bem calmas
Ao som de pianos clássicos
Sigo com passos certeiros.

Vejo roseiras em alfobres
Perfumando o nariz distraído
Adornando em insano colorido
O preto e branco da tempestade.

E na fotografia da mente
Que, enfim, a memória revela
Com efeitos da primavera
Vejo a janela da realidade.

Risquei do foco a tristeza
Fiz macro nos suntuosos detalhes
Acolhendo os desprovidos na sina
Regando o tempo na filantropia.

De cada gesto altruísta
Eclode nova majestosa flor
Embelezando o jardim escondido
No coração de um ser otimista.

André Anlub®