quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

diz de ti


(alar. companha do falecido arrais zé murta, torreira, 2008)

vão duros os tempos

da companha que hoje
urgente se torna
ou somos nós os camaradas
ou o peixe caído na rede
dos financeiros
armadores da trama

é tempo de decidir
quem quer ser o quê
é tempo de saber
se um homem vale mais
que um peixe

canta se tens voz
grita se revoltado
silencia-te se morto
diz de ti
 

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=2651310897956&set=a.2304879837396.61907.1711262512&type=1&theater