domingo, 21 de setembro de 2014

meditação à beira memória



da direita para a esquerda: horácio, cacilda, jorge e marco



tudo se repete
nada é igual

onde ficou quem fui
onde está quem sou

uma geografia de carne e osso
onde afectos desencontrados

um grão de areia
é tudo

se ao menos
o fora


(torreira; companha do marco;alar)

da direita para a esquerda: horácio, cacilda, jorge e marco

http://ahcravo.wordpress.com/2014/09/21/meditacao-a-beira-memoria/