segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

dos amigos


como se dançassem

os moliceiros têm vela (22)


dos amigos

sê verdadeiro com todos
os amigos
o tempo dir-te-á quem

uma pedra bateu na janela
estilhaçou o vidro
o vento bateu-te no rosto

atirada de dentro da casa comum
por mão amiga dita
feriu-te mais o sentir que o saber

joeira os homens
como o agricultor o milho
não desistas de ti

há mais caminhos que pedras

(torreira; regata do s. paio, setembro; 2014)

https://ahcravo.wordpress.com/2014/12/29/os-moliceiros-tem-vela-22/