domingo, 28 de dezembro de 2014

renascer na ria

renasce-se com o silêncio


postais da ria (57)

amo a limpidez
das manhãs
puras

manhãs minhas
claras belas
duras


renasço

(ria de aveiro; torreira; alar solheira)

https://ahcravo.wordpress.com/2014/12/28/postais-da-ria-57/