quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

um homem


de que massa é feito o massa?


crónicas da xávega (34)


um homem


quantos homens são
um homem?

não há azinheiras
à beira mar
nem se ouve o cante
de mais ao sul
a solidão morre na areia
sem outra voz
que a do homem
da corda

enterram-se os pés
pesado o fardo
traiçoeiro o caminho
mas um homem
um homem

quando deixa de o ser?

(torreira; companha do marco; 2012)



https://ahcravo.wordpress.com/2014/12/17/cronicas-da-xavega-34-um-homem/