quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

do ouvir

ouve a beleza 



os moliceiros têm vela (51) versão bw

do ouvir

uma voz antiga
debruçada na janela
dos meus olhos
canta

canta como se
ouvisse outras vozes
mais antigas
cantar

cantar palavras de luz
é destino
de quem nasceu para
ouvir

ouve-as comigo

(torreira; regata do s.paio; 2010)

https://ahcravo.wordpress.com/2015/01/28/os-moliceiros-tem-vela-51/