quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

dos dias


tardou o vento

os moliceiros têm vela (32)


dos dias


amanhã outro dia será
comigo ou sem
o tempo seguirá o seu curso
sereno e ridente

uma flor abrirá algures
as pétalas ao sol
uma criança beijará a mãe
e muitos terão partido

hoje sou e canto

(ria de aveiro; regata da ria; 2011)

https://ahcravo.wordpress.com/2015/01/08/os-moliceiros-tem-vela-32/