quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

do resistir

não é para todos

os moliceiros têm vela (67)


do resistir

espectador de mim
desreconheço-me

haver um corpo
é haver eu
cada vez menos

são a descer os dias
naufrago neles
uma agonia sabida
não aceite

resisto

(ria de aveiro; regata da ria; 2013)

ao leme o ti abílio

https://ahcravo.wordpress.com/2015/02/18/os-moliceiros-tem-vela-67/