quarta-feira, 25 de março de 2015

da aprendizagem

reinventar a beleza na ria de aveiro


os moliceiros têm vela (83)


da aprendizagem


o poeta menor
sentou-se na soleira
do poeta maior

na pedra fria da porta
colheu as pegadas do mestre

procurou palavras sentires
saberes da escrita
que admirava e não atingia

o poeta menor
levantou-se da soleira
do poeta maior
e tinha o rabo gelado

nada mais aprendera
que a frieza da pedra

(ria de aveiro; regata da ria; 2010)

https://ahcravo.wordpress.com/2015/03/25/os-moliceiros-tem-vela-83/