quinta-feira, 23 de abril de 2015

de nós

um homem e um barco, o mais é areia e mar





crónicas da xávega (60)


de nós

houve os que partiram
e a quem chamaram heróis
nem todos regressaram

outros houve que ficaram
não por não serem heróis
mas por amor à terra

de uns e de outros vimos
que dois povos diferentes são
diversos no estar e no ser

uns serão do aceitar
outros do questionar

(torreira; companha do marco; 2013)

https://ahcravo.wordpress.com/2015/04/23/cronicas-da-xavega-60/

o maria de fátima e o luciano caravela