domingo, 13 de dezembro de 2015

da cidade

nortada



os moliceiros têm vela (169)


da cidade

o silêncio enche-se de silêncios
sem palavras sem mãos sem música

uma ilha no meio do oceano
é paraíso
no meio da cidade é inferno

desabito-me

(ria de aveiro; regata da ria; 2009)

http://ahcravo.com/2015/12/13/os-moliceiros-tem-vela-169/