terça-feira, 29 de maio de 2018

sagradas as palavras




achegar

digo das palavras
o sal do sentir

de emoção umas
da razão outras

falam de ti
as tuas palavras

recolho-as no meu dia
onde entraste
porque te convidei

recebo-te nesta casa
onde existir é ser

um copo de água
que o sol queima

acolho-me à sombra
do dizer

sagradas as palavras
onde és

(armazéns de lavos; achegar; 2017)

https://ahcravo.com/2018/05/29/a-beleza-do-sal-50/