segunda-feira, 11 de junho de 2018

Lua




                                   

Hoje me ouve...só a mim,
que desafiando a noite vim jurar meu amor.
Encontro-me só, apaixonado, entregue...
Busco em ti minha inspiração,
Peço-te segredo
Em homenagem a ti vou compor poesias de amor sem fim...

Deixa teus raios me iluminarem,
aperfeiçoa meu cantar,
envolve-me em teu mistério, lua cheia, majestosa...
Sou poeta, seu escravo, seu amante
Escuta minha alma,
Através de ti aprendi a amar!

E ainda que tu não apareças nesta noite escura,
hás de brilhar no meu coração
Pela eternidade!