segunda-feira, 30 de julho de 2012

Ocupação Nelson Rodrigues - Itaú Cultural - 29/07/2012

Pierrot do Meier, Anjo Pornô...
Ontem visitei a sua mostra, no Itaú Cultural.
Senti você alí, presente.
Seu universo era grande, ainda é.
Saí da mostra e caminhei pela Paulista, Domingo de sol de inverno.
Uma enxurrada de peitos e bundas, de vários cantos do mundo. Corpos cosmopolitas, a se expressarem em movimentos pervertidos e libidinosos, creio eu, de acordo com a minha ótica de humano hormonal.
Coisas mais lindas, mais cheias de graça.
Ah Anjo...e elas estão lindas, cada vez mais lindas! Se você estivesse ainda por aqui, em meados de 2012, talvez suspiraria em silêncio algo como “ai se eu te pego”, “assim você mata o papai”, ou, como eu digo, “nossa...tia do céu, tá explodindo!”.
Sentei em um buteco, acendi um cigarro, traguei um góle de cerva. Observei. Lembrei de você.
Se você estivesse sentado comigo, sacaria de sopetão a sua máquina de escrever ou, quem sabe, um Ipod munido de Twitter e Facebook.
A sua crônica? Talvez seria: “Tempestade de peitos e bundas na Paulista: para nossa alegria”