domingo, 23 de dezembro de 2012




Certezas, dúvidas.
As certezas morrem, as dúvidas aumentam.
Quem dúvida aprende, quem certeza tem.
Nada advém, senão um limitado pensar.
A única certeza é morrer.
Morrer é dormir pra eternidade.
Eterno viver.
Eterno aprender?
Eterno viver?
Dúvidas.
Dúvidas eu tinha, ainda tenho!
Mas aprendi muito, pensei e repensei.
A dúvida me ensinou.
Certeza, sinônimo de certo!
Quem é certo?
Com certeza ninguém.
Quando tiver certeza de tudo, saiba que se tornou mais um bobo.
Prepotente e raso.
Alma pequena e sem horizontes.
Procures respostas e cresça.
Sinta a vida.
Pra que tanta razão?
Pra que tanto conceitos e preconceitos.
Vamos viver.
Um amor sem compromisso.
Viver uma vida cheia de momentos.
Vamos viver.
E Viver.

Micael.