terça-feira, 10 de dezembro de 2019

Uma Poesia Para Raul - VI



Nessa tarde gelada
A música permeia os meus ouvidos
Não consigo pensar em nada
Folhas em branco sobre a mesa
O café forte e amargo
Desce goela adentro
Mesmo assim não consegue
Despertar a minha inspiração
A minha cabeça vai explodir
Os meus olhos ardem
A boca está seca
Esqueci que eu não fumo
Mas ainda sinto as viagens
Desperto para a minha realidade
As folhas continuam em branco
Quem sabe amanhã você
Resolve pousar em minha mente


Manoel Hélio Alves, é poeta, natural de Macarani, Bahia.

10 comentários:

  1. Simplesmente linda e cheia de saudades. Este livro eu não vou perder e por favor meu grande poeta Manoel Helio "toca Raul"

    ResponderExcluir
  2. Benilton José Moreira10 de dezembro de 2019 20:36

    Boa noite, Manoel Hélio!
    Depois de ler esta esta poesia, me veio a mente os tempos antigos onde curtia uma música e escrevia um monte de baboseira que se perderam no tempo.
    Muito linda esta poesia, parabéns Manoel Hélio
    Abraços.

    ResponderExcluir
  3. Belo poema!!!
    também faço as minhas segue o link...
    https://utopiatreze.bandcamp.com/track/a-vida-de-fuder-2

    ResponderExcluir