terça-feira, 17 de dezembro de 2019

Uma Poesia Para Raul - VII



Quantas saudades
Hoje eu ouvi a sua canção
Lágrimas brotaram dos meus olhos
Passou um filme inteiro
Na minha cabeça
Que viagem maravilhosa
Eu vi um disco voador
Pousar em meu coração
Não estou só nesse momento
A sua música me libertou
Do tédio de uma segunda-feira comum


Manoel Hélio Alves, é poeta, natural de Macarani/Bahia, e mora há muito tempo em São Bernardo do Campo/São Paulo.

Conheça o Projeto: Uma Poesia Para Raul no Facebook clicando AQUI.

12 comentários:

  1. As músicas do mestre sempre confortam animam e com certeza melhora o nosso astral...

    ResponderExcluir
  2. Libertou a todos nós nesta gloriosa segunda feira que antecede o nascimento de Jesus. Obrigada Manoel Hélio.

    ResponderExcluir
  3. Benilton José Moreira17 de dezembro de 2019 22:47

    Boa noite, Manuel Hélio!
    Hoje também ouvi uma música que me transportou pro passado. Não foi em disco voador, foi em lembranças mesmo. Parabéns!

    ResponderExcluir
  4. RÔ CARVALHO cantora/atriz18 de dezembro de 2019 11:20

    Como é bom recordar de coisas que trouxeram um despertar em nossas vidas. Feliz Natal amigo...muitas poesias na sua vida sempre, grande poeta e querido amigo

    ResponderExcluir
  5. Raul é sempre Raul, o Rock sem fronteiras. Há 4 semanas escutei dele de uma de grande polêmica o "Rock do diabo", uma verdadeira sátira criticando a sociedade moralista. Nosso querido Raul Seixas era homem de alma liberta, rompia com tudo a troco de sua liberdade de pensamento, humano imortal.

    ResponderExcluir