sábado, 1 de novembro de 2014

olhos que ouvem



poisados os olhos


o silêncio povoa-se de palavras
escuto a música das imagens
cores luzes gestos
suspensos

olhos que ouvem
não contam
mostram

como dizer-te que
se houve um início
e houve

só pode ter sido assim?

(ria de aveiro; torreira)

http://ahcravo.wordpress.com/2014/11/01/postais-da-ria-32/