sábado, 21 de fevereiro de 2015

somos nós

há vozes por dentro do silêncio


postais da ria (70)


somos nós

o meu país é gente
não uma geografia de sol mar
guardanapo no braço dobrado
mesmo se invisível
servil no serviço

o meu país tem muitos nomes
com título anteposto ou não
desempregados sem abrigo
ordenados em atraso
férias em paraísos longe
casas muitas cavalos bastos

o meu país é de carne e osso
para muitos mais osso que carne
para outros poucos só lombo

o meu país está velho e cansado
ou jovem e emigrado

o meu país são tantos
que dizê-lo numa só palavra
é não saber o que é

o meu país somos nós

(ria de aveiro; torreira)

https://ahcravo.wordpress.com/2015/02/21/postais-da-ria-70/