terça-feira, 14 de abril de 2015

ser mais um

todos são um


crónicas da xávega (59)


ser mais um

esqueço os nomes
os rostos as falas
fica o ter estado com eles
o ter sido mais um
pertencido

são todos um
eu todos eles

ser mais um
não é não ser
é ser também

(torreira; companha do marco; 2010)

https://ahcravo.wordpress.com/2015/04/14/cronicas-da-xavega-59/