sexta-feira, 21 de fevereiro de 2020

Uma Poesia Para Raul - XV



Bom! Aqui estou com caneta e papel nas mãos
Estou sóbrio, consciente, só por hoje
Zerei minha vida de insanidades
Estou relendo os Doze Passos
Respostas e perguntas ao meu coração
Rompendo a barreira do silêncio e da dor
Acredito que tenho uma doença

Deixei a luz invadir o meu ser
E consolar-me-ei na minha aflição

Meus caminhos, meus passos
Evitar sempre o primeiro gole
Nunca esquecer que sou um adicto
Estou em recuperação só por 24 horas
Zona leste ou zona sul não importa
Eu estou limpo só por hoje
Sei que funciona!


Manoel Hélio Alves, é poeta, natural de Macarani - Bahia, mora há muitos anos em São Bernardo do Campo - SP.

16 comentários:

  1. Respostas
    1. Obrigado pelo seu comentário Maicon!

      Excluir
    2. Benilton José Moreira25 de fevereiro de 2020 11:09

      É quando estamos sóbrios que mais trabalhamos o cérebro!
      Bem por ai,Manoel Hélio, abraços!

      Excluir
    3. Obrigado pelo seu comentário meu amigo Benilton Moreira!

      Excluir
  2. Vivendo o hoje, um dia só é um dia a todo instante quando se vive o agora. Agora é viver.

    ResponderExcluir
  3. O passo de hoje é a chegada do amanhã, limpo por hoje e a imagem é para sempre através da poesia que fala, sente, grita e renasce de todo caos, é vida.

    ResponderExcluir
  4. Manoel muito boa...mais uma pérola para seu livro... parabéns... obrigado.

    ResponderExcluir
  5. Adorei a ideia de vc colocar o viver o hoje...deveríamos todos pensar no "Só por hoje" eu mesma cultivo isso.Mais um
    Sucesso pra sua coleção.

    ResponderExcluir