quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Apenas uma Mulher

Imagem: Anastasia Volkova

Apenas uma Mulher

Pode me chamar de bruxa,
feiticeira.
Invoque a Inquisição,
acenda fogueiras!
Não revido;
não tenho culpa de
mexer com a sua libido!
Do alto dos tribunais da vida
a sentença foi proferida.
Refute-a se puder.
Eu, inocentada,
sou apenas uma mulher.

Rogoldoni
18 02 2012

Poema publicado na Antologia" Poetas Fazendo Artes em Búzios"
2012 Editora Somar