terça-feira, 18 de março de 2014

tarda



maria bastos safa a rede enquanto a filha brinca


é o sol que me traz
transporte que nunca chega
cedo bastante
para tanta sede

revejo as gentes
a minha gente
a ria
o mar
os barcos
tudo sou

as crianças cresceram
outros partiram
um dia fui
outro terei sido

tarda

torreira; porto de abrigo)

http://ahcravo.wordpress.com/2014/03/18/tarda/