quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

postais da ria (45) - meditação à beira de



marina dos pescadores, torreira

mais que eu
sou todos os que antes de mim
acrescentaram páginas ao livro da memória
deixaram-me o recebido
distribuo-o

o que resta do ter sido
o ser eu aqui inquieto
enquanto

quebro o vidro atravesso-o
firo-me sangro toco tudo
até onde

estou vivo


(torreira; marina dos pescadores)

https://ahcravo.wordpress.com/2014/12/03/postais-da-ria-45-meditacao-a-beira-de/