sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

para o antónio gama



o fim do dia é só o fim do dia


postais da ria (59)


para o antónio gama


hoje vi-te quando
abri o jornal
antes não o tivesse
aberto e visto

continuaria na ilusão
de que tu ainda
embora sem te ver

ficámos mais pobres
mais sós em nós
porque tu sim tu

à hora a que escrevo
(e não sei se consigo)
vais pela mão de outros
para uma cova
onde o teu nome
um retrato
não tu

os amigos vão-se
e eu fico mais pequeno ainda

abraço antónio

(murtosa; cais do bico)

https://ahcravo.wordpress.com/2015/01/02/postais-da-ria-59/