quinta-feira, 12 de março de 2015

dos gatos

a beleza dos moliceiros à vela

os moliceiros têm vela (77)

dos gatos

à janela o gato sábio
lambe os bigodes fartos
queda-se imóvel
no gastar dos dias

sereno constrói o salto
imagina a presa sem pressa
espera espera espera

crítico
não desespera
o gato

gosto do laborioso rato

(ria de aveiro; regata da ria; 2010)

https://ahcravo.wordpress.com/2015/03/12/os-moliceiros-tem-vela-77/