segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Gororoba Literária XI

Gororoba Literária XI (BICADA ONTOLOGICA)
44500
A mentira é um mau necessário!
                  E o nervoso é acreditar que isto é verdade  Cientistas andam ao seu  lado,                                    às vezes coadunam ou não.
A plebe ecoa no tempo.
H, o valor é... (Homo + Taxas)
Pam pode vir com código...
Amo e não mereço
O opróbrio dessa necessidade seremos sempre     esses condutores das informações poéticas.
Assim saímos bucólicos e narcisistas
Diante desse tabagismo direcionado THC.
Um principio ativo que nos põem contra               toda sociedade.
Envelhecer é ruim mais a alternativa é pior.
E o clássico da vida é ser desclassificado
Ver as estrelas e pisar no chão prateado é o inexorável da vida.
E que toda inconveniência que Freud tentou explicar
Na latência genitália da poesia
Que empiricamente desaprendemos a ser humanos.
Me falta Willian Blake pra entender...
                                          A persepção está                                                 está aberta, mas as portas, se fecharam...
O bem meu Bem.
Me mandaram uma foto de uma Buceta molhada
NADA MELHOR  NADA P!OR
P/  QUEM  P/  QUER?
Piores são esses momentos
Que excesso assim
A vida não para
Nem exploda por ninguém
NU  +
TE FOD! POETA !!!


(Mariana Puritana/Antônio Rodrigues/Mandrake/Ed. Ribeiro/Marcos/Jorge Melo/Marcone/ Wellifton Araujo/Palhaço J.Teimoso/ c.p.b.p.jr:) 12/12/15.