sábado, 27 de fevereiro de 2016

assim o vento


andam piratas na ria 



postais da ria (140)


assim o vento

sou o que o vento
levará ao mar
depois de tanta terra

o meu tempo é
não foi nem será

é
e serei nele
os que comigo

chego súbito
como quem parte
sem despedida

assim o vento

(torreira; regata das bateiras à vela; s. paio, 2014)

http://ahcravo.com/2016/02/27/postais-da-ria-140/