sexta-feira, 26 de maio de 2017

"Na minha Cabeça"


A brisa que paira sob meus olhos,

Direciona-me num aspirau crescente,

Esculhambando minha cabeça
Confundindo minha consciência.


Onde minha mente pulsa latente,

Eclode idéias tão inevitáveis.
Terras férteis e aradas,
Adubadas prontas para quaisquer plantio.


Na minha biblioteca particular,

Palavras são sementes,
Que germinam em vossas cabeças,
Que a terra esteja preparada.

Cabe a nós sabermos cultiva-las,

Que com certeza colheremos bom frutos.


    Rodrigo Titarelli Porto

           (Dr.Paxeco Oficial)