quinta-feira, 3 de agosto de 2017

arrancaram-lhe as raízes




o arribar da mão de barca

arrancaram-lhe as raízes
picaram-lhe com finas agulhas
os órgãos de sentir
fizeram-no de pedra bruta
in sen sí vel

chorou encostado a uma parede
era de dia e havia gente na rua

sabias que se pode gelar de verão?

não lhe arrancaram a memória
nunca o conseguirão

(torreira; 2013)

https://ahcravo.com/2017/08/03/cronicas-da-xavega-208/