quarta-feira, 25 de abril de 2018

Cosmo




Nosso amor era mais profundo que o silêncio da noite
E quando invadia nossos sonhos com um prazer suave
Nos unia como o céu e as estrelas, 
Aonde apenas o olhar era o único entendimento. 
Qualquer toque, por certo, deixaria nossos corpos
Em profunda sintonia de almas.  
Teu sorriso era convidativo, aquele que o desejo me mostrou
Teus beijos eram pura emoção 
De mim restava apenas o eterno grito – Eu te amo. 
Do resto – nada mais importava. 
Só aquele momento em que caímos na relva macia 
Como duas estrelas que juntas atravessam o cosmo 
Para que depois num grande beijo, 
Possam se perder na distância espacial. 
Quero ser seu eterno namorado 
Que explode em amor 
Através do tempo. 
E da nossa vida através do infinito. 

Nosso amor era mais profundo que o silêncio da noite...