terça-feira, 31 de julho de 2018

o poema

o fechar do saco


crónicas da xávega (261)


o poema

o poema
fechou-se sobre si
olhou-se pensou-se
disse-se

o poeta envergonhado
cobriu-se de palavras
descansou

esperar é um acto
de sabedoria

o poema se o houver
dir-se-á de novo

(costa de lavos; 2017)

https://ahcravo.com/2018/07/31/cronicas-da-xavega-261/