terça-feira, 21 de janeiro de 2020

Uma Poesia Para Raul - XII



Agora sei o que é ser poeta
Não é nada mais do que sofrer
Gerar rebentos, e perdê-los de vista...
Esqueço a dor
Leio em teus olhos,
Indescritível prazer em adotá-los
Tentar abortá-los, jamais
Angelita... Você os merece!


Manoel Hélio Alves, é poeta, natural de Macarani/Bahia, e mora há muito tempo em São Bernardo do Campo/São Paulo.

Conheça o Projeto: Uma Poesia Para Raul no Facebook clicando AQUI.


5 comentários:

  1. Não consegui interpretar muito bem está poesia. Desculpe meu amigo, vamos em frente. Abraço.

    ResponderExcluir
  2. Benilton José Moreira24 de janeiro de 2020 05:17

    Bom dia, Manoel Hélio!
    Não sabia que prá ser poeta tem que sofrer. Rsrsrsrsrs...Ainda bem que não sirvo prá isso. Só quem tem o dom da poesia é capaz de se expressar dessa forma. Gostei. Parabéns Manoel Hélio

    ResponderExcluir
  3. Pois é a poesia tem o dom de permitir esse descarregar da dor e o prazer do amor e ainda penetrarcpelos olhos e sentir a beleza da alma. Parabéns amigo. Grande bj

    ResponderExcluir