segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

a zorro



xávega: o carregar do saco na zorra

braços abertos cega
correu mar
trouxe peixe ou não
na boca imensa
estômago ávido

leve
muito leve
vogou

peixe se o houve
dele cuidaram para a outra
fome
e de festa foi o ter havido

esvaído no areal
pesado de tanta areia e mar
espera dos homens os braços
que o libertem
e o levem onde o sol
o tornará de novo ave
para novas viagens

a zorra
a zorro o levará

(torreira; companha do marco; 2010)

http://ahcravo.wordpress.com/2014/01/27/o-carregar-do-saco-na-zorra-i/