segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

não desgastes as palavras

rastos de silêncio

não desgastes as palavras


aprende a ouvir o silêncio
a estares por dentro dele
a seres silêncio também
para que a voz te saia límpida
e o grito
o teu grande grito
seja claramente escutado

não desgastes as palavras

(ria de aveiro; murtosa; chegado)

http://ahcravo.wordpress.com/2014/01/27/nao-desgastes-as-palavras/