terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

mulheres da torreira



vivelinda bastos

carregadas de
frutos do trabalho
seu registo
no rosto e no papel

são mais que elas
no não poderem
ser só
pescadeiras
mas mulheres inteiras

(torreira; porto de abrigo)

http://ahcravo.wordpress.com/2014/02/18/mulheres-da-torreira-2/