terça-feira, 9 de dezembro de 2014

postais da ria (48)



o povo é sereno. será?


aos senhores da terra

de longe vem a umbilical corda
de muito longe
no dizer da terra onde vós
“não agouchais”
o tão que é

erguer-se-iam do chão as vozes
dos mais antigos
desconhecendo ser esta a terra sua
por vós marcada
se possível fosse coisa tal

ilusão vossa a de serem mais do que
debaixo vos olham e enormes
ínfimos se de mais alto
vêde-vos tão pouco

quem disse que podieis?

o povo é cor

(murtosa; cais do bico)

https://ahcravo.wordpress.com/2014/12/09/postais-da-ria-48/