terça-feira, 12 de maio de 2015

postal a um pescador


arribar


crónicas da xávega (64)


postal

impossível escrever
no mar

à fúria das ondas
só a espuma resiste
para se afogar na areia

sei de ti por te ver


(torreira; companha do marco; 2012)


https://ahcravo.wordpress.com/2015/05/12/cronicas-da-xavega-64/