segunda-feira, 30 de novembro de 2015

tempo


o ti zé no meio da ria



postais da ria (117)


tempo

quando se perde tudo
o que a vida nos deu
para que serve mantê-la

para onde o ti zé foi
há-de haver uma bateira
uma cana de pesca

e tempo

muito tempo
que é essa a arte
do pescador

mesmo quando
o seu tempo acabou

(ria de aveiro; torreira)

o ti zé costeira partiu

http://ahcravo.com/2015/11/30/postais-da-ria-117/