segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

ao tempo






quando for com o vento
ficarão palavras e imagens
sonhos ilusões muitas

ilusões muitas

eu quase todo sem ser já
sussurros de água
na boca de um barco morto

os gestos o ter feito
o que me fizeram
deixo ao tempo o juízo

ao tempo
que outro deus
não conheço

(torreira; regata da ria; 2014)

o moliceiro "A. Rendeiro", do ti zé rebeço

https://ahcravo.com/2018/01/15/os-moliceiros-tem-vela-293/