quinta-feira, 24 de maio de 2018

órfãos vão os dias





estou onde
os olhos me levam

semeio letras
enleadas nas redes
de outras mãos

tudo é memória
invento
o haver amanhã

órfãos vão os dias

(ribeira de pardelhas; 2009)


https://ahcravo.com/2018/05/24/maos-da-ria-1/