segunda-feira, 15 de outubro de 2018

balanço





deito-me cansado
de tudo

olho-me ao longe
no ter sido

estranho serem minhas
as palavras

quem era eu que me
não sei

(torreira; 2013)

https://ahcravo.com/2018/10/15/cronicas-da-xavega-269/